Maceió

       Localizada em um ambiente totalmente litorâneo, Maceió destaca-se pela sua beleza exuberante. Encrava entre os coqueiros, mangues e um belíssimo mar, proporciona a todos que a visitam lindas recordações. É um dos mais belos pólos turísticos do país, triplicando sua população nas temporadas de férias. As praias e as piscinas naturais estão entre atrações que não se pode perder. Deve-se destacar ainda a Lagoa Mundaú, nossos mirantes e nossos núcleos de artesanato, como o Pontal da Barra, por exemplo.

      Em Maceió, em matéria de culinária, não deixamos a desejar para nenhuma outra grande cidade do país, com um grande vantagem, temos um tempero especial e especiarias melhores ainda. Pode ser a pata de uça (caranguejo característico da região), quem sabe um camarão ao molho de coco, ou, talvez, porque não uma lagosta na manteiga de garrafa? As opções são inúmeras, em todas as praias que o turista resolver se deliciar. Pode ser apenas como aperitivo, pode ser para almoço, para o jantar.

       É uma cidade que vive com intensidade, praticamente 24 horas, seja nas cozinhas dos hotéis, nos restaurantes de cozinha regional, nacional ou internacional, seja nos bares, ou nas barracas de praia. A culinária alagoana tem o dom de prender o visitante pela boca. Assim é Maceió, basta apenas ter a oportunidade de conhecer. O paraíso das águas - como a cidade é chamada - pode, tranqüilamente, levar o nome de paraíso da culinária. TAPIOCA: É um charme da culinária nordestina, mas em Maceió, as tapioqueiras costumam dar sabor todo especial, somente encontrado aqui, notadamente nas praias de Pajuçara e Jatiúca. A iguaria tem origem na culinária indígena e é feita à base de goma de mandioca, coco ralado, sal e queijo, depois é assada em chapa de ferro, com dezenas de outras combinações e sabores. Não se visita a capital alagoana sem experimentar a tapioca.